Lua Nova em Áries: você prefere agir ou reagir?

0
272
Imagem: Unsplash / Shutterstock

Na segunda-feira, 27/03, às 23h58, aconteceu a Lua Nova de Áries. Foi início de um novo ciclo lunar, que vai até 26/04.  Ação é o que o céu, repleto de planetas no primeiro signo de zodíaco, traz para esse período. Mas também há um risco de descambar para a impulsividade. Continue lendo para saber se você age ou reage na sua vida.

Criatividade e ação

Muita gente diz que quer fazer acontecer algo importante na vida, mas na hora H não toma as devidas providências. É comum entrar na repetição de tarefas cotidianas, deixar o tempo passar, ser minado por dúvidas e não mudar nem melhorar nada. Você já deve ter passado por isso ou conhecer quem faz assim.

A primeira coisa para dar início (Áries) a um processo de mudança é se conhecer, se ouvir, saber quais são as suas habilidades. E, o mais importante, saber o que motiva você a agir e, a partir daí, colocar as mãos na massa.

Isso é fazer acontecer: direcionar a sua energia e a sua força criativa para colocar a sua vida no rumo certo, que lhe traga mais satisfação e a realização.

– Ah, Aline, mas eu não sou criativo…

É sim, todos somos, alguns só precisam “cavucar” mais pra encontrar isso dentro de si, mas a parada está lá! Encontre e comece a usá-la.

Caso contrário, você pode represar essa energia forte e criadora. E sabe o que acontece nesses casos? A pessoa passa a ter que reagir…

Esta lunação vem mostrar isso: ou você age ou vai ter que reagir. Ou você utiliza a sua energia para dar vida e ação ao seu mundo. Ou então vai bloqueando essa força e, quando recebe estímulos externos que não lhe agradam a tendência é ser agressivo ou impulsivo.

Vou dar o exemplo do que aconteceu com uma amiga. Ela recebeu de um cliente uma proposta de trabalho que parecia incrível, um grande projeto que lhe renderia projeção e reconhecimento. Empolgada, ela entrou de sola e começou a produzir em prol do projeto.

Passaram duas semanas e o cliente voltou com mais demanda e contando as vantagens que ela teria ao topar a empreitada. Tudo maravilhoso e megalomaníaco, mas nada de falar em valores nem em remuneração.

Nesse momento, ela caiu em si e percebeu que havia se animado tanto com a proposta que não tinha acertado “detalhes” como prazo de entrega, custos e formas de pagamento. Ela já estava trabalhando – e muito – mas ainda não tinha recebido nada.

Quando a não ação vira raiva

Ao perceber isso foi crescendo dentro dela uma raiva, uma sensação de que estava sendo passada para trás e de que tudo o que o cliente dizia era apenas para envolve-la em uma história sem alicerces firmes.

Ela segurou a onda para não mandar o cliente para aquele lugar. Após refletir, ela entendeu. A energia que ela deveria ter usado para agir, se posicionar na hora certa (no momento em que o cliente fez a primeira proposta) foi represada e, mais tarde, quando a situação foi complicando, ela emergiu em forma de raiva.

Desfecho: no dia seguinte, mais tranquila, ela entrou em contato com o cliente e deixou claro o que pensava sobre a proposta e quais era as condições dela para dar continuidade ao trabalho.

A partir daí, ela nunca mais pegou nada para fazer somente na empolgação e passou a se posicionar mais sobre o que queria e como queria.

Ela passou a ser mais ativa nas trocas com as pessoas, sem precisar ser agressiva. Isso transformou todas as relações dela para melhor, pois as pessoas também conseguiram enxergar as necessidades dela.

Sem neura, sem entrar num jogo de manipulação nem de pressão. Sem precisar fazer para agradar ao outro, enquanto estava insatisfeita com ela mesma.

Essa Lua Nova de Áries nos diz o quanto é importante agir de forma assertiva, usar a ação para mover a vida, para que as coisas aconteçam.

Não ficar desanimado porque existem obstáculos ou por outro motivo qualquer e depois jogar a responsabilidade no outro quando as coisas não são como se imaginou.

Comunicação direta e revisão nas parcerias

Mercúrio continua em Áries, então vamos aproveitar para ter uma comunicação simples, direta, objetiva, voltada para resolver e não para agredir.

Somado a isso Júpiter, ainda retrógrado em Libra, é um momento para rever o que não ficou bem acertado nas relações, nos acordos de parceria. O que pode ser ajustado, pode ser equilibrado para ficar bom para ambas as partes?

Deixo aqui a reflexão: será que você tem agido ou reagido na vida?

Compartilhar
Aline Granja
Aline Granja é Astróloga, além de pesquisadora de assuntos ligados à espiritualidade. Criou o Infinita Órbita (www.infinitaorbita.com.br), um projeto integrado de interatividade e desenvolvimento humano, onde divulga seus pensamentos, entrega conteúdos de valor e oferece serviços na área de Astrologia e Autoconhecimento.Certificada pelo Dragon Dreaming em Desenvolvimento de Projetos Sustentáveis, já atuou em diversas iniciativas voltadas para recreação educativa com crianças e jovens em situação de risco social. Tem vivência em projetos de Permacultura em diferentes regiões do Brasil.É jornalista com 14 anos de atuação na área de Comunicação Empresarial e MBA em Gestão de Negócios pelo IBMEC-RJ, tendo atuado em grandes empresas como Oi, Editora Record e Essilor. Contatos: Email: aline@infinitaorbita.com.br Instagram: @infinita_orbita FB: facebook.com/infinitaorbita Periscope: periscope.tv/alinegranja

DEIXE SEU COMENTÁRIO