Só existe uma maneira de se livrar da celulite

0
884
Imagem: Hypescience

Ninguém quer ouvir que não há solução para um problema que nos incomoda. E, embora possamos odiar admitir isso, não queremos descobrir que as soluções que existem talvez sejam demoradas e difíceis.

Tomemos nossos corpos como exemplo: a maioria de nós busca o que quer que seja a nossa visão pessoal de um físico perfeito, e nós queremos isso para ontem. Nessa lógica, muitos podem querer que a celulite melhore instantaneamente. Mas soluções fáceis aos nossos desejos de beleza são como truques de mágica – você suspende voluntariamente seu ceticismo para acreditar em algo melhor do que a realidade. Se olhasse mais de perto, porém, veria não mais do que a decepção em saber que nada daquilo existe.

É por isso que é tão fácil vender às pessoas – e, como fruto da nossa configuração social, especialmente é mais fácil vender à nós mulheres – soluções caras e engenhocas projetadas para curar não apenas problemas estéticos, mas também inseguranças. Nós não compramos creme de celulite porque a pele de aspecto vagamente irregular seja realmente um grande problema. Nós os compramos porque esperamos que, se a celulite desaparecer, a autoconfiança substituirá as marcas perdidas.

Com a ideia de um corpo mais uniforme, vem o sonho de estrear aquele lindo biquíni de bolinhas que ganhou de aniversário há dois anos mas que não usa por qualquer motivo relacionado a padrões de estética. Ou o conforto em usar shorts, após anos de uma insegurança construída socialmente sobre um determinado formato das coxas, por exemplo.

Ao menos, de início, é possível desmistificar algumas trapaças. A celulite é um “problema” especialmente fácil de mirar, porque algo em torno de 80 a 90% das mulheres a manifestam em um ou outro nível – e elas fazem com que muitas se sintam inseguras por causa disso. Então, quando um de seus amigos do Facebook compartilha uma postagem sobre uma massagem milagrosa, afirmando que curou sua celulite… você vai ao menos clicar no link, certo?

Foi assim que uma mulher vendeu milhares de FasciaBlaster, mesmo que não haja evidência de que isso funcione. Mas também não se trata de um procedimento inútil. Mas comprovadamente deixa as mulheres com hematomas graves. Aqui vai uma dica: um hematoma não é sinal de cura. Não é significa que você está agredindo seu corpo para deixá-lo da forma que se quer que ele seja. Não é, tampouco, um sinal de fraqueza abandonando seu corpo. A lesão é um sinal de que você danificou seus vasos sanguíneos.

Centenas – se não milhares – de mulheres caíram nesse falso dispositivo, que é apenas um dos muitos que existem no mercado. Toda revista de mulheres lá fora elencou “soluções” similares e nenhuma delas parece funcionar.

E confie em nós: é muito provável que nenhuma delas funcione realmente.

Há muito pouco que pode ser feito quanto à celulite

Isso é apenas a realidade. A celulite é um subproduto da maneira como muitos corpos de mulheres armazenam gordura. As pequenas câmaras em nossa pele que habitam as células de gordura se manifestam de forma diferente entre os sexos. Os homens biológicos tendem a expressar uma espécie de padrão entrecruzado em seu tecido conjuntivo, enquanto a maioria das pessoas com corpo feminino tem colunas verticais. Essas colunas tornam mais fácil para os aglomerados gordurosos se distribuírem através da pele, criando essa textura grumosa associada à celulite. Ter muita gordura ou flacidez na pele fina torna as coisas piores, embora mesmo as pessoas magras possam ter celulite (e muitas vezes a tenham). Todo mundo tem gordura corporal – precisamos dela para sobreviver – por isso é impossível eliminar algumas coisas.

É por isso que muitas das chamadas soluções anticelulite prometem reorganizar a gordura ou reestruturar a pele ao invés de eliminar completamente a gordura corporal. Os dermatologistas têm lasers e agulhas que, supostamente, afundam os aglomerados. As empresas de cuidados com a pele vendem cremes e bálsamos que garantem esticar a pele. Algumas revistas sugerem, inclusive, lavagens esfoliantes, como se as células de gordura fossem “sujeiras” que se pode simplesmente esfregar e remover.

Nada disso realmente funciona. Algumas destas soluções terão efeitos mínimos e de curto prazo. Esses tratamentos também são os mais caros. Os cremes tópicos nem sequer podem penetrar até uma camada suficientemente profunda para agir, embora prometam milagres. Nenhuma dessas “curas” realmente resolve o problema, porque a pele tem sua própria estrutura.

Perder gordura corporal pode melhorar a celulite, mas não a eliminará

O excesso de gordura torna a celulite ainda pior. Ter mais (ou maiores) células de gordura amplia os caroços, então perder gordura pode ajudar. Mas, uma vez mais, como a questão é a estrutura da pele, isso não eliminará totalmente da aparência da celulite. Você pode correr ou fazer exercícios durante duas horas por dia e nunca reorganizar uma única fibra da estrutura do seu tecido conjuntivo.

E, sejamos honestos, há razões muito mais sérias para diminuir a gordura corporal do que alguns formatos irregulares no bumbum. A celulite não deve se tornar seu motivador de atividades esportivas ou hábitos saudáveis.

O fortalecimento dos músculos é provavelmente a única solução (potencial)

Ao contrário de todas as outras soluções, desenvolver músculos realmente tem o potencial de modificar a forma como o corpo armazena gordura – ou, pelo menos, como isso aparece externamente. Você não mudará fundamentalmente essas colunas verticais em seu tecido conjuntivo, mas pode esticar um grupo muscular inteiro. Os indivíduos com esse cromossomo Y confiável não tendem a adquirir celulite porque seu tecido está mais interconectado e não permite que grandes manchas de gordura se comprimam. Em teoria, um músculo forte deve imitar esse efeito de alívio da gordura.

O obstáculo aqui é que o fato de que o treinamento de força ajudar na redução celulite foi pouco pesquisado. Milhões de dólares foram canalizados em tipos de laser e injeções que não funcionam, mas de alguma forma ninguém estudou os princípios básicos do exercício. Dito isto, vários dermatologistas e especialistas em celulite recomendam que os pacientes levantem pesos se estiverem determinados a trazer mudanças reais a suas regiões acidentadas. Então, ao contrário dos produtos anunciados em seu feed do Facebook, o treinamento de força pode realmente valer a tentativa.

Levantar pesos não é “coisa de homem”

O levantamento de peso tornou-se mais popular entre as mulheres nos últimos anos, mas ainda há uma ideia generalizada de que, de alguma forma, o levantamento instantaneamente o transforma em um fisiculturista no estereótipo masculino. Vamos dissipar esse absurdo agora. Sim, levantar pesos trará músculos mais fortes. Não, você não parecerá um fisiculturista. Não é como se pegar uma barra fizesse com que seus músculos se dilatem em imensas proporções – todos nós desejamos que fosse tão fácil.

Não é necessário levantar mais carga no supino para se livrar da celulite. Ela tende a se desenvolver nas coxas superiores e nas extremidades, que podem se fortalecer por meio de agachamentos. Isso, sim, pode melhorar a sua celulite (embora não garanta a eliminação).

Como um bônus, você provavelmente começará a desfrutar do seu corpo por algo que ele pode fazer, em vez apenas pela aparência. Livrar-se da celulite não fará com que você se torne mais confiante, mas cumprir uma tarefa difícil com seu corpo talvez possa dar conta de garantir mais autoestima.


Hypescience: Por: Carolina Goetten

DEIXE SEU COMENTÁRIO