Terceira idade reclama da baixa atenção das marcas e falta de representatividade

0
255
Imagem: Comuniquese

Pesquisa mostra insatisfação de idosos com a falta de atendimento exclusivo e oferta de produtos alinhados com suas necessidades. Propaganda de cosméticos gera frustração.

A expectativa de vida no Brasil vem aumentando, de acordo com o último censo do IBGE. Uma das consequências da longevidade é o aumento do consumo de itens de cuidado pessoal e maior busca por qualidade de vida.

Partindo deste ponto de vista, um equívoco das marcas seria focar prioritariamente no público jovem, cujo perfil está tradicionalmente associado ao consumo mais acentuado, deixando de lado as outras faixas etárias. O Mundo do Marketing, REDS e eCGlobal organizaram uma pesquisa em parceria para identificar o potencial de consumo da terceira idade no setor de beleza. De acordo com 13% dos entrevistados, as reclamações que tiveram mais destaque foram: a falta de lojas com roupas para terceira idade, de aparelhos celulares com telas maiores e de opções de locais para diversão e lazer.

Na questão de atendimento, 70% dos idosos acreditam que é necessário haver melhorias – três a cada 10 percebem que os rótulos devem ser mais fáceis de serem lidos. Segundo a pesquisa, 6 em cada 10 mulheres com mais de 55 anos de idade mostram insatisfação com a sua aparência e não se sentem representados pela publicidade de cosméticos. Reclamam da falta de oferta de produtos pensados para suas necessidades, bem como de atendimento exclusivo. A Região Nordeste é a campeã na realização de procedimentos nos cabelos entre essas mulheres (58% fazem intervenções capilares).

Sendo assim, o estudo serviu para identificar os perfis presentes neste público, formas de compra, uso de tecnologia e os potenciais de mercado. Estas constatações deram origem a uma comunidade de pesquisa da eCGlobal, que ajuda no engajamento das marcas e dos consumidores. São criadas conversas de forma espontânea onde ambas as partes, marca e consumidor, são ouvidas, gerando um bom resultado na interação. Esse incentivo de diálogo gera benefícios para os consumidores, que podem ganhar medalhas e eCPoints, que são moedas virtuais e podem ser trocadas por produtos na loja online da eCGlobal.


Mundo do Marketing

DEIXE SEU COMENTÁRIO