Beber água prolonga a vida

0
391
Mulher bebendo água
Imagem: byrev / shutterstock

Dicas sobre a importância da água para o organismo.

Beber água é mais que uma tarefa, é um dever à vida! Muito se ouve que o mínimo a ser tomado por dia são 2 litros, preferencialmente. O problema é que as pessoas “esquecem” ou pior, não gostam de água. É incrível como alguém consegue matar a sede tomando um copo de refrigerante ou suco, e dali a 15 minutos volta a ter sede de novo e ingere mais refrigerante, o que é um absurdo.

Segundo o nutrólogo Máximo Asinelli, “o problema é que a pessoa não é acostumada a ingerir água, e por isso acaba não ingerindo o líquido necessário para sua sobrevivência. Tudo é uma questão de prioridade e força de vontade”, explica.

Um estudo mostrou que as pessoas que consumiam pelo menos cinco copos de água por dia, possuem 41% a menos de chance de desenvolver problemas cardíacos do que os que consomem menos de dois copos.

Está com sede? Beba água

A água não tem calorias, nem açúcar, nem gorduras, nem carboidratos. “Beber água ao invés de refrigerantes ou sucos, emagrece, além do mais muitas vezes que se acha estar com fome esteja na verdade com sede, por isso ingerir água quando estiver com fome ajuda a emagrecer comendo menos, o que ajuda a evitar a obesidade e logo, outras doenças”.

Sistema digestivo precisa de água

Para que nosso sistema digestivo funcione corretamente é preciso que se tome água, “muitas vezes apenas a mudança de hábito de começar a beber água suficiente regula intestino preso e acaba com ácidos no estômago e ainda ajuda a eliminar as toxinas e resíduos do corpo”.

O importante é ingerir água várias vezes por dia, não tudo de uma vez só. “Um copo ao acordar, um copo antes ou após cada refeição, durante e após atividade física, e durante o dia todo, não esperando ficar com sede, pois aí o corpo já estará desidratado. O ideal é criar uma rotina, principalmente no verão”.


Dr. Máximo Asinlli é nutrólogo e proprietário da Clínica Asinelli. www.clinicaasinelli.com.br

DEIXE SEU COMENTÁRIO