Na Flor da Idade

0
242
Inagem: Couleur / Shutterstock

Não me surpreendi com a notícia, mas com a reciclagem de idiotices que, de tempos em tempos, surgem nas recomendações dos especialistas nisso ou “naquilo”.

E a mais recente sobre os problemas causados pelos adoçantes.

Do café ao sexo

Vira e mexe aparecem também artigos sobre os malefícios do café, do chocolate, da cerveja, do vinho, dos carboidratos, dos antibióticos, do muito sexo, do pouco sexo.

Logo amenizados pelas teses de outros especialistas justificando os benefícios do café, do chocolate, da cerveja, do vinho, do sexo…

Voltando ao adoçante

Há muitos anos consumo adoçante, entre os demais artigos da lista aí de cima, e sei que um dia vou acordar morto. Pode ser que ainda demore, ou não, mas não será por um item específico, será pelo conjunto da obra.

Então, agora, pensando só “naquilo”, fico imaginando daqui a cinquenta anos, quando eu, na flor da idade tiver 115, e os chatos de plantão resolverem que camisinha prejudica o meio ambiente e a pílula um demônio a ser exorcizado nos palcos.

O que farei?

Bom, além de mandar os chatos para “aquele lugar”, manterei todos os meus vícios, sem exceção. E você? Tudo bem que eu não tenho nada a ver com isso, nem com aquilo, mas o que fará com as pétalas, o pistilo e o orvalho da sua vida?

Agliberto Cerqueira
Publicitário pelo Instituto Metodista, aprendiz de farmácia na infância, executivo da indústria automobilística, diretor de agência de promoção e consultor na área de comunicação e marketing. Em 2006 publicou o livro de contos "O quá quá quá do cisne preto - Um passeio ao som do rádio". Quando não está em consultoria e nem pagando imposto, lê muito, escreve quando possível e toca violão.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here