A vida é uma festa! Ainda mais quando o tema é o seu filho

1
1759
Festa de Aniversário do Tom

Sempre gostei de festas, como já falei aqui, mas organizar as festas do Tom não tem preço. Tudo começou no chá de bebê. Amei pensar e produzir cada detalhe, mesmo com o barrigão que eu estava em pleno verão do mês de dezembro!

Claro que já fui a muitas outras festas com a decoração mais elaborada, com mais detalhes e mais caras. Já fiquei envergonhada por não ter tantas ideias criativas e pela falta de habilidade com trabalhos manuais. Mas, de verdade, não gosto de ostentar. Até por que não tenho dinheiro para isso… rs. Além do mais, acredito que é possível fazer uma festa simples, animada, agradável e cheia de amigos. O que mais me deixa feliz, é saber que tudo foi organizado com muito carinho e energia positiva colocados por mim e por todos os amigos que me ajudaram a organizar.

Na festa de um ano do Tom, escolhi o tema marítimo em homenagem ao Ricardo, meu marido, que ama mergulhar. Além disso, a festa seria realizada no dia do aniversário dele…

Não gosto daqueles vídeos melosos de retrospectiva. Montei painéis de fotos do Tom e do Ricardo, ainda pequeno, para as pessoas perceberem a semelhança de ambos. Hoje eu confesso que eu acho que o Tom tem um pouco de cada um de nós mas, na época, era a cara do pai.

Por não ser muito boa com artesanato e trabalhos manuais, como já falei, pedi para a Denise, minha enteada, e a Sara, minha amiga, pintarem as peças de isopor que comprei. Ambas são designer de interiores. A Helena, que revelou o seu lado artista, também ajudou. Minha irmã Denise, que sempre levou jeito para a coisa, foi comigo comprar a decoração, me ajudou a pensar nos detalhes e a montar tudo.

Aliás, criei um grupo no WhatsApp com os amigos que ajudariam a organizar tudo. Foi muito legal.

Fizemos muffins salgados, cachorro-quente (com direito ao molho temperado pela Dona Elvira, minha sogra), gelatina e salada de frutas. Comprei o bolo e os doces da Sabores e Fábulas, dos amigos Beto e Thiago. Aliás, foi o Thi quem me deu a receita do muffin e me ajudou a fazer.

O Ricardo ficou encarregado de comprar as bebidas… Minha irmã Kátia e minha mãe trouxeram os salgados e os pães que encomendei, e a minha irmã Lilian conseguiu as mesas e cadeiras para a festa de graça. Apesar do pânico, o compadre Luciano encheu várias bexigas junto com o Beto, que ficou encarregado, também, de passear com os cachorros no dia da festa para conseguirmos organizar tudo.

Por fim deu tudo certo! Só esqueci de pedir para a Gisele, que fotografou o evento a meu pedido, fazer as tradicionais fotos com toda a família! Que mancada! Ah! Não poderia deixar de falar sobre a ajuda dos amigos Valdeníria e Alexandre para retirar tudo e arrumar o salão…

Para este ano, o tema será Super Wings, um dos desenhos preferidos do Tom. Novamente recorri aos amigos para me ajudar. Não poderei contar com a minha querida irmã Denise, que está estudando no Canadá. Mas ganhei uma ajuda de peso da Carol, nova amiga da turma.

Comprei um bolo de isopor para tentar fazer um bolo de enfeite para deixar na mesa. Com o calor, não dá para manter o original compondo a decoração. Vi uma peça feita com biscuit em uma loja e consultei a Gisele, que também é especialista em artesanato, para saber se era difícil. Ela disse que eu conseguiria fazer sim. A Carol, confeiteira de mão cheia, viu a minha preocupação e se ofereceu para me ajudar, mas ela sugeriu pasta americana… Não é uma fofa?

Novamente recorri a peças de isopor para compor o ambiente e vou contar com a ajuda da Denise e da Sara.

A Cátia, que é madrinha do Tom, ajudou com a salada de fruta no ano passado e, neste ano, vai entrar na linha de produção de um docinho adicional que pensei em fazer. Não vou revelar aqui para não perder a graça. A Janaína e a Helena também vão ajudar a montar a decoração. Não é o máximo?

O que mais me deixa feliz, é saber que todos os meus amigos mais próximos querem participar e não se sentem explorados. Deu para perceber que o Tom é um menino muito amado e que todos se sentem um pouco responsáveis por ele…

Com tanto amor envolvido, não tem como alguma coisa dar errado. O melhor a fazer é  celebrar a vida e a amizade!

1 Comentário

  1. Adorei a matéria, Ma! Para nós, tios postiços do Tom, o melhor da festa está em ajudar a organizar e durante a festa perceber que ele está aproveitando cada momento! Pode sempre conta com o tio coruja aqui! Kkkk

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here