Dinheiro, Amor e Vida

0
1812
Imagem: Free-Photos / Shutterstock

Dinheiro, Amor e Vida é post que faz reflexões sobre a vida moderna, onde a força do dinheiro está no comando ou, ao menos, parece estar.

O Dr. Augusto Cury – médico psiquiatra, psicoterapeuta e escritor; é um pensador que não concorda com tal força do “Deus Dinheiro” e diz: “O dinheiro pode nos dar conforto e segurança, mas ele não compra uma vida feliz. O dinheiro compra a cama, mas não o descanso. Compra bajuladores, mas não amigos. Compra presentes para uma mulher, mas não o seu amor. Compra o bilhete da festa, mas não a alegria. Pagar a mensalidade da escola, mas não produz a arte de pensar. Você precisa conquistar aquilo que dinheiro não compra. Caso contrário, será um miserável, ainda que seja um milionário.”

Dinheiro, Amor e Vida – 4 Reflexões úteis

  1. Planos e Ações Humanas: é nossa reflexão contra o dinheiro fácil, o pragmatismo e a falta de Planos de Vida que afeta a maioria das pessoas do Brasil e de boa parte do mundo atual. Vivemos na Era dos Prazeres, movida a dinheiro, realidade virtual e luxúria. Muitos jovens e adultos entregam-se facilmente aos encantos do hedonismo – como um estilo de vida. Querem curtir os prazeres da vida, numa escala sempre crescente; o que acaba impactando fortemente a saúde física, emocional e espiritual; até ao ponto de gerar pesados quadros depressivos e até ao suicídio de muitos. Saiba +++
  2. Idiotia Globalizada: A sociedade global, com graves desigualdades sócio-econômicas, está vivendo uma era de estupidez e idiotia coletiva, salvo raríssimas exceções aqui e ali. Por um lado, estamos hiperativando nosso cérebro com games e baladas; e por outro tomando remédios p/ dormir, p/ ansiedade, contra depressão, etc… Comida como Ansiolítico: a prova é que as praças de alimentação dos Shoppings estão cheias e há uma legião de obesos em academias de ginástica e clínicas de emagrecimento. Num outro viés, destruímos a natureza, cortamos árvores, matamos animais, poluímos rios/mares, deterioramos o clima e, como consequências:  morremos de calor, frio ou chuvas na maioria dos lugares. As carências Emocionais e as Violências: As pessoas maltratam familiares, cônjuges, amigos e depois sentem-se sós. Saiba +++
  3. Desamor em Alta: Amor em baixa: o amor tem estreita relação com a natureza, com a música, com as artes, com os animais e pessoas, alguém nestes tempos bicudos, que vivemos disse: “ao não haver arte e cultura de qualidade, a violência vira distração”. E é exatamente isto q estamos presenciando no mundo em geral e no Brasil em particular. Na publicação atual estamos ainda mais preocupados com os rumos do Brasil e do mundo, pois a sociedade global, e aqui não é diferente, os desejos mundanos e a fome de consumo, mostram que o sistema capitalista realmente “passou do ponto” nos aspectos da ganância, da luxúria da ostentação e do egoísmo. Estamos sob a Lei do Vale Tudo por Dinheiro. Saiba +++
  4. Amor, Dinheiro e Felicidade: que todos nós queremos ser felizes já não é novidade. A única questão é que, em algum momento, passamos a acreditar q fazer sucesso e ter dinheiro, ou o que ele pode comprar, nos faria feliz. Mas, afinal, de onde vem isso? Qual a origem desta ideia? Saiba +++
Sérgio Boeira Kappel
Sergio é engenheiro eletrônico PUC-RS/1979, especialista em Treinamento Profissional (UFRGS/1981), MBA em Gestão Estratégica de Empresas (UFSC-FEPESE/2001) e mestre em Engenharia de Produção / UFSC 2003 – Dissertação / Tema: “Estudo exploratório sobre as práticas gerenciais nas EBTs industriais de base tecnológica da região da Grande Florianópolis à luz da gestão do conhecimento”. Fpolis / Brasil, 108 fls. Atuação profissional de mais de 30 anos atuando em cargos técnicos, de coordenação e em cargos executivos (gestão) em empresas do porte de Cia. Souza Cruz, RBS/Rede Brasil Sul de Comunicação, NTS – Núcleo de Tecnologia de Software, Dígitro Tecnologia, Grupo Specto de Tecnologia, entre outras. Vivência prática com ferramentas e metodologias BSC e de GC (Gestão do Conhecimento), com artigos publicados e coordenação de projetos empresariais e do FINEP. Em 2013 atuei com consultor “Ad Hoc” para avaliação de Projetos da FAPESC. Atuação como professor universitário (SENAC 2005 / 08) e Faculdades Borges de Mendonça (2012). Exemplos de disciplinas ministradas: SENAC: Governança de TI, Sistemas de Informações e Avaliação de Projetos Integradores e BM: TI para Administração e Gestão da Informação & Conhecimento. Autor do Blog: www.escolatrabalhoevida.com.br

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here