Feedback & Autoconhecimento

0
2089
Imagem: Licya / Shutterstock

Feedback & Autochecimento é sem dúvida, um tema de grande abrangência e interesse, tanto para a vida pessoal quanto para a profissional. Assim, acreditamos, que o atual artigo ajude na melhor compreensão destes conhecimentos relevantes à nossas vidas.

E com os conceitos da Teoria Motivacional de Maslow, complementarão bem este tema.
Como pessoa e profissional, com boa vivência e muitos estudos na área de Relações Humanas e Gestão de Pessoas, sinto-me seguro para gerar um breve alerta sobre os muitos enganos que podem resultar das “relações digitais” previsíveis e as ocasionais.

Desde impactos motivacionais, nas relações interpessoais, até prejuízos materiais por conta de e-commerces desonestos, prejuízos psicológicos oriundos da invasão de privacidade, do jogo de aparências, das mentiras e da ação de psicopatas que abalam a nossa autoestima, a autoconfiança e enganam/roubam pessoas de todas as idades e sexos.

Algumas Considerações

1) Feedback e o Desenvolvimento Pessoal constante! O melhor jeito de manter um desenvolvimento constante é pedindo feedback sem filtro e honesto para seus colegas de trabalho, chefes, subordinados e até mesmo amigos.

Mas olha… a verdade dói. Nós escutamos coisas que não gostamos de escutar. Levamos para o lado pessoal (…e às vezes o feedback é dado de uma forma que realmente é pessoal). Só que quase sempre, quanto mais ele dói, mais próximo está da verdade (Autor: Rafael Carvalho/2015).

2) Autoconhecimento e Feedback Corretivo: Uma vez que a tecnologia e a industrialização se tornaram democratizados, ou seja, de fácil acesso para todos, um dos grandes diferenciais das empresas está no ser humano, nas suas atitudes, comportamentos, produtividade e capacidade de reinventar-se constantemente.

A busca pelo autoconhecimento nos obriga a adquirir constantemente mais conhecimento sobre nós mesmos, o que é difícil e muitas vezes doloroso. Ouvir feedbacks corretivos sobre nossa maneira de ser e agir pode ser tão difícil que, por vezes, preferimos evitar estes momentos a ouvir alguns comentários sobre nós mesmos. Isto sem falar que, frequentemente, esses comentários corretivos vêm de pessoas que não se preocupam com as palavras que utilizam na hora do feedback, nem em qual é o impacto dessas palavras em quem recebe. (Autora: Simoni Missel/2017).

3) 12 Dicas sobre Feedback: Feedback é fundamental à comunicação humana. Pessoas se comunicando ainda é algo delicado e a causa-raiz da maioria dos conflitos atuais entre pessoas, entre instituições e até entre países. Podemos dizer que este Post, apresenta uma breve fórmula para algo tão sensível e essencial à boa comunicação humana.

4) Você sabe qual é a relação do Autoconhecimento e o Feedback? Você já parou para pensar como as pessoas tem dificuldade para dar e receber feedback? O feedback é uma das melhores formas para desenvolvermos nossas habilidades e potencializar ainda mais aquilo que fazemos de melhor. Porém, é impressionante ver a dificuldade que as pessoas tem de dar e receber feedback.

Normalmente, acontece as pessoas darem feedback de forma “armada”, criticando de imediato o que o outro fez. Seja algo que não produziu um bom resultado ou alguma falha cometida. Quem conseguiria assumir uma responsabilidade de algo que está sendo duramente criticado?

A tendência de quem recebe uma dura crítica é de se fechar a qualquer possibilidade de mudança, pois é natural o instituto de defesa tentar se proteger. Em poucas palavras, “Se não estivermos dispostos a solicitar feedback e recebê-lo, nunca seremos bons em oferecê-lo” (Autora: Renata Pereira/2018).

Sérgio Boeira Kappel
Sergio é engenheiro eletrônico PUC-RS/1979, especialista em Treinamento Profissional (UFRGS/1981), MBA em Gestão Estratégica de Empresas (UFSC-FEPESE/2001) e mestre em Engenharia de Produção / UFSC 2003 – Dissertação / Tema: “Estudo exploratório sobre as práticas gerenciais nas EBTs industriais de base tecnológica da região da Grande Florianópolis à luz da gestão do conhecimento”. Fpolis / Brasil, 108 fls. Atuação profissional de mais de 30 anos atuando em cargos técnicos, de coordenação e em cargos executivos (gestão) em empresas do porte de Cia. Souza Cruz, RBS/Rede Brasil Sul de Comunicação, NTS – Núcleo de Tecnologia de Software, Dígitro Tecnologia, Grupo Specto de Tecnologia, entre outras. Vivência prática com ferramentas e metodologias BSC e de GC (Gestão do Conhecimento), com artigos publicados e coordenação de projetos empresariais e do FINEP. Em 2013 atuei com consultor “Ad Hoc” para avaliação de Projetos da FAPESC. Atuação como professor universitário (SENAC 2005 / 08) e Faculdades Borges de Mendonça (2012). Exemplos de disciplinas ministradas: SENAC: Governança de TI, Sistemas de Informações e Avaliação de Projetos Integradores e BM: TI para Administração e Gestão da Informação & Conhecimento. Autor do Blog: www.escolatrabalhoevida.com.br

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here