Em pleno inverno: confira os cuidados essenciais com a sua pele

0
1186
Imagem: Pexels / Shutterstock

Cuidados com alimentação, banho e hidratação são essenciais para manter pele saudável no inverno

Durante o inverno a busca por uma estética facial agradável fica mais difícil, pois a tendência é uma pele ressecada e menos saudável devido fatores internos e externos.

É importante cuidar da pele durante todo o ano, mas durante o inverno esse cuidado é ainda mais fundamental para evitar, inclusive, o envelhecimento precoce da pele que pode ser difícil de reverter mesmo nas outras estações.

Pensando nisso saiba como o inverno impacta negativamente a pele e quais cuidados essenciais para minimizar os problemas do tempo frio.

Como o inverno prejudica a pele?
Durante o inverno a pele, principalmente da face, fica suscetível a diversos fatores agressivos, como queda da temperatura, baixa umidade do ar, banhos quentes e diminuição do consumo de água.

Como resultado a pele fique ressecada e com aspecto esbranquiçado, que indica a falta de proteínas e nutrientes.

Então a pele sempre vai ficar ressecada no inverno? Não necessariamente. O que pode ocorrer também é que devido ao ressecamento, falta de hidratação e proteção solar a pele fique mais suscetível à oleosidade.

Ao tomar banhos quentes, remove-se a proteção natural da pele e as glândulas sebáceas aumentam a produção de oleosidade, dando um aspecto brilhante à pele. Essa situação é conhecida como efeito rebote e deixa a pele com uma aparência indesejada.

Quais cuidados essenciais com a pele no inverno?
Considerando esses fatores é importante que durante o inverno adote-se uma rotina de cuidados que garantam a hidratação da pele, sem resultar nem no ressecamento e nem na oleosidade gerada pelo efeito rebote.

Para melhorar a aparência da pele são indicados cuidados com a alimentação, rotina de proteção e hidratação, entre outros. Saiba mais a seguir!

Alimentação
A alimentação pode ser uma aliada ou uma vilã na aparência da pele durante o inverno. Ao comer bem é possível manter a pele mais saudável e bonita durante todo o ano, mesmo com os fatores agressivos do inverno.

O clima seco é refletido na pele, contribuindo para o ressecamento e envelhecimento. Como agravante, nessa época sentimos mais fome, pois há um maior consumo de energia para a manutenção da temperatura corporal.

E o resultado? Uma dieta com alimentos inadequados com chocolate, processados, sopas prontas, massas, pão e outros que oferecem maior saciedade. No entanto, uma alimentação baseada em farinhas brancas e grãos refinados acelera o envelhecimento.

Dessa forma, é importante manter uma alimentação saudável durante o inverno, garantindo a disponibilidade dos nutrientes necessários à saúde da pele, como:

– Vitamina E, selênio e antioxidantes que são encontrados na castanha-do-pará, amêndoas e nozes;

– Vitaminas e minerais em frutas vermelhas como morango, amora e uva que ajudam a neutralizar radicais livres e combater o envelhecimento da pele;

– Fibras presentes em alimentos integrais como arroz, aveia, linhaça e quinoa auxiliando na eliminação de impurezas do organismo;

– Vitamina E presente em folhas verde-escuras como rúcula, couve, agrião e espinafre para melhorar a função celular;

– Água, chá e sucos para hidratar o organismo e também a pele.

Uma alimentação rica garante mais beleza e saúde à pele e auxilia nos resultados associados aos demais cuidados.

Protetor solar
Um dos principais problemas do inverno é que, além dos fatores agravantes do período, muitas pessoas abandonam o uso dos protetores solares nessa estação devido às baixas temperaturas.

No entanto, os raios solares fazem mal à pele durante todo o ano, sendo importante utilizar o protetor mesmo nos dias frios e nublados.

Destaca-se que mesmo nos ambientes fechados o uso do protetor solar é indicado, pois a luz solar consegue penetrar através de janelas e a luz visível, como de celulares, TVs e computadores também causam danos à pele.

Hidratação
As partes mais expostas durante o inverno são rosto e lábios, de forma que elas devem ser hidratadas diariamente para evitar o ressecamento. Utilize produtos confiáveis que controlem a oleosidade da pele. Nos lábios pode ser usado um protetor ou cera.

Além dessas regiões mais expostas, outras partes do corpo também sofrem com o ressecamento no inverno, principalmente mãos, pés, joelhos e cotovelos que já são naturalmente mais ressecadas.

Ao escolher um hidratante corporal opte por produtos mais hidrantes como aqueles que têm cera de abelha, manteiga de karité, vitamina E e aloe vera na composição.

Temperatura da água durante o banho
Uma das felicidades no inverno é um banho quentinho e demorado, não é mesmo? No entanto esse hábito é extremamente prejudicial à saúde da pele e também dos cabelos.

A água muito quente elimina a camada de proteção da pele, acelerando o ressecamento. No caso dos cabelos é comum o ressecamento das pontas e oleosidade do couro cabeludo, podendo provocar o surgimento de caspas.

Para o banho, opte por esponjas macias que reduzem à agressão a pele que já está mais sensível. Além disso, evite esfoliações no período, optando por sabonetes suaves.

Portanto, são diversos os cuidados com a pele que reduzem os danos causados pelo inverno. Caso a pele esteja muito ressecada a recomendação é uma hidratação profissional para garantir uma harmonização facial e mais saúde à pele do rosto e corpo.


Por Maria Gabriela Ortiz e Dra Luciana Pepino.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here