O isolamento social interfere no sono?

0
426
Imagem: tmeier1964 / shutterstock

Dicas de como prevenir a insônia nesse período de isolamento.

Com a atual situação da saúde no mundo e com quase 50 dias de isolamento social no Brasil, se sentir cada vez mais apreensiva é inevitável. Em tempos de pandemia e estresse intenso, se sentir constantemente exausta é bastante comum. Diversas famosas, como Maísa, Fernanda Paes Leme, Yasmim Brunet, têm relatado em suas redes sociais um período de muita insônia, dormindo pouco e, consequentemente, vivendo um momento de muito cansaço físico e emocional.

As consequências de uma noite mal dormida aparecem no dia seguinte, com efeitos desagradáveis como o mau humor, dificuldade de concentração e em casos mais intensos podem levar a quadros preocupantes, como a depressão. Driblar os anseios e criar uma rotina de sono saudável é fundamental para manter a nossa saúde física e mental equilibrada. “Não podemos perder as portas do sono, temos que entender nosso corpo para dormir bem, cada organismo responde de uma forma, então você precisa criar uma rotina sua, talvez uma troca do lençol da sua cama pode fazer com que você durma bem”, explica o farmacêutico homeopata, Jamar Tejada.

Confira algumas dicas que podem ajudar a evitar a insônia: 

Mantenha os horários para acordar e deitar:

Durante o isolamento social as pessoas estão indo para a cama mais tarde, com isso acabam dormindo menos durante a noite. Mantenha uma rotina mesmo após o horário de trabalho, desregular os horários de sono faz com que adquirimos hábitos prejudiciais ao longo do dia, como cochilar fora de hora ou dar aquela dormidinha no sofá afetando nossa rotina. Por isso, estabeleça um horário fixo para dormir e acordar e respeite-o.

Evite o celular, televisão ou notebook antes de dormir:

O consumo de informações e conteúdo dentro de casa é maior, principalmente antes de dormir, e isso resulta numa procrastinação para cair em sono profundo. Separe um tempo para leitura, ou qualquer outra atividade que seja do seu gosto, quando for para a cama evite equipamentos eletrônicos para não perder o limite de tempo nas redes sociais, isso vai ajudar a dormir mais cedo e deixar a mente limpa.

Crie novos hábitos:

Os pensamentos negativos e a irritabilidade são dois fatores extremamente prejudiciais para a qualidade do nosso sono.  Durante o dia separe um tempo para praticar exercícios, ajudando a aliviar tensões e o estresse. Também é importante aprender a lidar com os pensamentos negativos, eles são persistentes, por isso, foque sua atenção nas coisas que estão acontecendo agora, não nas que podem acontecer. Pensar no amanhã pode levar a ansiedade. Antes de dormir você pode fazer o uso de infusões e óleos aromáticos em difusores para ajudar a desacelerar e acalmar o organismo.

Higiene do sono:

Alguns comportamentos afetam a qualidade do nosso sono, como por exemplo, o consumo de alimentos pesados antes de deitar, você deve ajudar a sua digestão e esperar pelo menos 30 minutos antes de ir para a cama. Evite também o uso de cafeína e mantenha o ambiente do quarto escuro e silencioso, é sempre importante lembrar que cama é feita para dormir, portanto não trabalhe no seu quarto e nem use aparelhos eletrônicos, desligue tudo e esqueça do mundo lá fora. Músicas calmas e sons ambientes podem acalmar a mente te deixando mais leve.


Jamar Tejada é farmacêutico homeopata.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here