Protetor diário: mitos e verdades

0
219
Imagem: Engin_Akyurt / Shutterstock

As principais dúvidas das mulheres sobre o uso do protetor diário (produto de higiene íntima), que pode ser um verdadeiro aliado na nécessaire feminina.

Com a rotina agitada da mulher brasileira, o protetor diário pode ser um excelente aliado para trazer sensação de conforto e segurança. Afinal, ele absorve a umidade natural e não abafa, porque tem uma camada respirável que permite a ventilação normal.

Para elucidar as mais frequentes questões relacionadas a este assunto, a diretora de engajamento Fernanda Pimentel, elencou as principais dúvidas para tratar deste assunto tipicamente feminino.

Qual é a diferença entre protetor diário e absorvente?

O absorvente possui uma película protetora desenvolvida especificamente para reter o fluxo menstrual. Os protetores diários, por sua vez, são apresentados em dois tipos: produtos com película protetora para retenção de pequenos fluxos, como comecinho e finalzinho da menstruação; e protetores feitos com material respirável, para uso diário, que permitem a absorção da transpiração diária da área íntima e a circulação de ar na região. Na hora de escolher o seu, lembre-se de levar em conta a intensidade do ciclo, além das preferências e hábitos.

Existem substâncias tóxicas ou que podem causar alergias nesses produtos?

Não. Os protetores diários são feitos com matérias-primas atóxicas e não propensas a causar alergias. Os que possuem fragrância também não geram preocupação: ela foi desenvolvida especialmente para a região íntima e de acordo com um rigoroso padrão de qualidade, respeitando as condições naturais do organismo para não desencadear irritações. Testes dermatológicos e ginecológicos comprovam que o produto com ou sem perfume são seguros para serem usados nessa área e ainda proporcionam maior sensação de conforto para as mulheres no dia-a-dia.

O protetor diário de calcinha abafa ou pode causar irritação?

Não. Existem protetores de calcinha desenvolvidos especialmente para o uso diário, feitos com material respirável. Esses produtos absorvem a umidade natural do corpo feminino e permitem a circulação adequada do ar sem abafar a região íntima. Estudos1,2 comprovam que estes produtos respeitam as condições naturais do organismo sem causar infecções, irritações ou coceiras.

Por até quantas horas o protetor diário pode ser utilizado? Qual é a indicação de troca do produto?

A mulher deve trocar o produto sempre que achar conveniente para se sentir limpa e seca. Isso pode variar de acordo com as características da pessoa e das atividades realizadas durante o dia.

Quais os diferenciais que o protetor diário de calcinhas traz para as mulheres?

As mulheres que utilizam o produto diariamente declaram se sentir mais seguras, confiantes e limpas. Este dado foi comprovado através de um estudo realizado em 2011 pelo Prof. Dr. Paulo César Giraldo, médico e Professor Titular de Ginecologia da UNICAMP (Universidade Estadual de Campinas)3. O estudo observou mulheres que fizeram uso de protetor diário respirável externo no período intermenstrual durante 75 dias. No estudo, as voluntárias foram avaliadas clinicamente e responderam a questionários sobre atividade laboral, desconforto, ardor, conhecimento sobre o uso de protetores diários e seus motivos para usá-lo. Após o período de 75 dias, 90,7% das mulheres afirmaram que se sentiram mais seguras, confiantes e limpas com a utilização diária do protetor, não apresentando alterações clínicas e nem desconfortos associados ao uso contínuo do produto.

Quais são os passos para uma higiene íntima correta?

A higiene íntima deve ser sempre feita seguindo da região anterior para a região posterior, ou seja, da vulva para o ânus, evitando assim a passagem de fezes para a saída do canal da urina, o que pode desencadear infecções urinárias;

  • Tomar banho regularmente;
  • Utilizar sabonetes íntimos regularmente e de forma correta, seguindo as instruções de uso especificadas na embalagem do produto;
  • Realizar a troca correta de protetores diários de acordo com a necessidade da mulher.

Vale ressaltar a importância de ter um autoconhecimento sobre sua região íntima para estar sempre alerta em caso de alterações fisiológicas, além de fazer visitas regulares ao ginecologista.


Fernanda Pimentel é diretora de engajamento científico da Johnson & Johnson Consumo. Fabricante de CAREFREE®, o primeiro protetor diário de calcinha do mercado brasileiro e, desde então, vem sendo a escolha certa para as mulheres que possuem uma rotina cheia de atividades e que desejam manter-se frescas e confiantes o dia todo, todos os dias. www.jnjbrasil.com.br


Giraldo PC et al. The effect of “breathable” panty liners on the female lower genital tract. Int J Gynecol Obstet 115(1):61-4, 2011.

Pontes AC et al. A systematic review of the effect of daily panty liner use on the vulvovaginal environment. Int J Gynecol Obstet 127:1-5, 2014.

Amaral RLG, Giraldo PC, et al. Grau de satisfação de mulheres que usaram absorvente higiênico “respirável” externo por 75 dias consecutivos. DST – J bras Doenças Sex Transm 2011; 23(1): 29-33.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here