Como cuidar das suas roupas de ginástica

0
593
Imagem: arhy82 / shutterstock

Como cuidar das suas roupas de ginástica: blusa, legging, short, top, tênis, polaina, regata, macacão… Tudo de várias cores, modelos e marcas.

O “boom” da geração saúde e a busca por uma vida sem sedentarismo deu um novo status à moda fitness. Se antes as roupas de ginástica ocupavam pouco ou nenhum espaço nos armários, agora ganharam destaque no closet.

Por ser de tecidos e modelagens diferentes, as roupas de ginástica merecem especial atenção na hora de arrumar o guarda-roupa. As camisetas costumam ser mais molinhas, difíceis de formar uma pilha. Mas há sempre uma solução, segundo a personal organizer Carol Rosa, referência nacional em organização.

Os organizadores são importantes aliados para deixar as roupas de ginástica em ordem. Se faltar gaveta, cestos e caixas de tecido podem ser usados para acomodar as camisetas. “Tentar empilhá-las em prateleiras não funciona. Elas irão deslizar, escorregar para o lado e bagunçar tudo”.

Já as colmeias são ótimas para organizar os tops sem bojo. Para quem tem gaveta de sobra no armário, separe uma só para as peças de malhar.

Uma dica: as camisetas de algodão, do dia a dia, podem ser colocadas nas prateleiras por causa do tecido um pouco mais grosso. E, assim, abrir lugar no gaveteiro para as de ginástica. Na hora de guardar as blusas e regatas, a sugestão é dobrar como uma camiseta normal: mangas para dentro e depois ao meio. Para acomodar, vale manter uma atrás da outra, e não em cima.

Se der, vale também colocar as calças e shorts no mesmo espaço. Caso precise separá-los, tente manter tudo perto. “Se as camisetas estão de um lado do armário, opte por colocar as calças do mesmo. É mais prático e fácil”.  As calças, leggings e shorts de academia, se não couberem nas gavetas, podem ser dobrados e empilhados nas prateleiras.

Acessórios

Use o espaço que sobrar da gaveta ou um cesto pequeno para guardar os acessórios: relógio de corrida, medidor de batimento cardíaco, luvinha, entre outros usados na hora da malhação.

Os tops com bojo devem ser guardados abertos, como os sutiãs. Um encaixado atrás do outro. Já os demais, podem ser dobrados como se fossem calcinhas: faça um pacotinho e acomode na gaveta ou em uma colmeia. Coloque junto com as roupas íntimas ou mesmo em colmeias, na prateleira. “É fácil para higienizar o armário, já que é só retirar a colmeia. Além disso, fica bem visível e ajuda a ganhar espaço, uma vez que as peças não ficam espalhadas”.

Bonés e viseiras

Para bonés e viseiras, é indicado ganchinhos na porta do armário ou na parede, para pendurá-los. Além de ser prático, permite aos objetos respirarem e secarem. “Por conta da transpiração, é melhor deixar em local arejado, que evita odores e manchas”.

Tênis

Para os tênis, a recomendação é a mesma que a para os demais calçados. Mas, neste caso, é ainda mais importante deixá-los respirar antes de guardar. Depois de se exercitar, é recomendado colocá-los na lavanderia ou no quintal, na sombra. Vale passar um pano úmido na sola. “Assim, evita odores e aumenta a vida útil do calçado”.


Carol Rosa é personal organizer e formada em Administração de Empresas. Atuou na área financeira por 7 anos, até que descobriu que a paixão por organização poderia se tornar profissão. Entre os serviços prestados estão a organização de armários e closets, quartos de bebês, cozinha e despensa, louças finas, treinamento de empregadas domésticas, assessoria em compras, arrumação de mudanças.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here