Óleo de coco aliado da pele

0
260
Imagem: JerzyGorecki / Shutterstock

Como incluir o óleo de coco na rotina de skincare.

Apesar de o olho de coco ser muito conhecido pelos seus benefícios na alimentação e como ingrediente essencial dos produtos capilares, mas pouco se sabe sobre os seus benefícios ao ser incluído na rotina diária de skincare.

Como você já deve imaginar, o ingrediente vem do coco, mais precisamente de uma árvore chamada Cocos Nucifera L. O óleo virgem é extraído do leite de coco, é incolor e tem em sua composição ácidos graxos de cadeia média.

“Além de melhorar a imunidade, o coco tem propriedades antioxidantes que combatem os radicais livres e repõe vitaminas e sais minerais. Também é naturalmente antibacteriano e antifúngico”, explica Dra. Karla Lessa.

Pelo seu conjunto de propriedades, o óleo de coco se mostrou eficaz no tratamento de eczema, que é uma irritação cutânea que pode causar diferentes tipos de lesões, preservando a barreira natural da pele, promovendo a cicatrização e a integridade do tecido.

Apresentamos uma lista com as 8 possibilidades de utilização do produto:

Hidratação Facial: O óleo de coco mantém a pele macia sem obstruir os poros e sem deixá-la oleosa. “Além da propriedade hidratante, ele também possui propriedades antissépticas (antibacterianas e antifúngicas), mas deve ser usado com moderação e indicação médica. Em alguns casos, ajuda na melhora ou também pode piorar a acne”.

Hidratação Corporal: Por ter uma excelente propriedade umectante e não permitir que a água da pele seja perdida e evaporada, seu poder de hidratação é grande.  O ideal é ser aplicado até 5 minutos após o banho para ter a melhor eficácia.

Demaquilante Natural: É muito indicado também como cleansing oil – na demaquilante e para a limpeza do rosto. “Vale lembrar que, na pele oleosa, após aplicá-lo no rosto com essa finalidade, ele deve ser completamente removido depois com um sabonete específico para esse tipo de pele, para evitar a obstrução dos poros e, consequentemente, o surgimento de cravos e espinhas”.

Olheiras Ressecadas: O Óleo de coco pode ajudar a melhorar alguns tipos de olheiras. Se a olheira for causada por ressecamento e falta de hidratação, mas existem outros tipos de olheiras como as vasculares, as melânicas (por pigmento), as com bolsas, que não influenciam na melhora.

Esfoliante Labial: “Devido ao seu alto poder de hidratação, é um ótimo esfoliante, usado em conjunto com um pouco de açúcar na região dos lábios. Pode ser usado 2 vezes na semana”.

Hidratação Capilar: O uso de um pouco de óleo de coco junto com a sua máscara capilar, aumenta o poder de nutrição capilar. “Separe a quantidade de máscara que você vai usar e misture 3 gotas do óleo de coco – faça a hidratação capilar por 30 min e enxágue”.

Umectação Capilar: O óleo de coco pode ser também usado para a umectação capilar. “Aplique a quantidade de uma colher de sopa no comprimento do cabelo (sujo). Deixe agir por 40 min. Em seguida, lave o cabelo normalmente. Esse truque é ótimo para quem tem cabelos crespos, que são naturalmente mais ressecados”.

Ardor por Queimadura Solar Leve: “Pode também ser usado no cuidado pós-praia para aliviar o ardor por queimaduras solar. Ele pode ser aplicado no local, logo após o banho. Ele hidrata e acalma a pele, dando uma sensação de alívio”.


Dra. Karla Lessa é capixaba e especialista em saúde e beleza. Atende no Instituto Lessa onde, juntamente com seu marido, é proprietária, em Vitória- ES. https://www.instagram.com/drakarlalessa/

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here