Qualquer pessoa pode ter o cabelo curto?

0
2770
Imagem: Divulgação / Assessoria

O que devemos saber sobre o comprimento do cabelo e se qualquer mulher pode usar um cabelo curto.

Nos últimos anos, o cabelo curto virou febre entre anônimas e famosas. Para algumas mulheres, a beleza e o tom despojado desse estilo de corte, faz dele o ideal. Para outras, a facilidade na hora de cuidar dos fios também é um ótimo motivo para optar por esse comprimento. Mas para algumas, existe o receio em mudar de visual devido a uma das principais dúvidas: será que qualquer pessoa fica bem de cabelo curto?

A textura do fio, forma do rosto, entre outras características, fazem muitas mulheres terem dúvida na hora de decidir se devem ou não cortar o cabelo. A visagista e cabeleireira Wanúbia Sena, explica que, na realidade, o que define se um cabelo curto realmente vai ficar bom são outros fatores. “Ao contrário do que muita gente acredita, o tipo de cabelo não define se uma mulher deve permanecer com apenas um comprimento para o resto da vida”.

A técnica do Visagismo entra em cena exatamente nesse momento. “Muitas mulheres se enganam com a crença de que existe um corte ideal para certo grupo. Mas na verdade, o corte ideal é individual para cada pessoa. O que se deve levar em consideração, além da textura do fio, são as características pessoais, os objetivos de vida, a forma do rosto e diversos outros aspectos que refletem a personalidade de cada um”.

O cabelo curto ideal

Existem centenas de opções para o cabelo curto. Ele pode ser reto, repicado, menor atrás e longo na frente, entre diversas alternativas. Portanto, qualquer mulher pode ter o cabelo com este comprimento, desde que ela realmente queira ter este tipo de corte e não somente deseje seguir uma moda. “Um dos principais erros é querer cortar exatamente como uma pessoa específica. Às vezes, aquele tipo de corte não combina com o rosto, tonalidade da pele ou, simplesmente, não demonstra a personalidade que o indivíduo possui”.

Por esse motivo, a análise feita por um visagista pode ser fundamental. “Esse profissional irá analisar e entender o conjunto que envolve o tipo de cabelo, a textura, a coloração, e, além disso, as emoções, os desejos e o momento atual que a pessoa está vivendo. A partir daí, é possível identificar, por exemplo, se ela combina mais com um look Joãozinho, um long bob ou outras variações do cabelo curto”.


Wanúbia Sena é cabeleireira e visagista. É responsável pelo Espaço Wanúbia Sena, em Belo Horizonte/MG.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here