4 tipos de açúcar encontrados nos alimentos do dia a dia

0
114
Imagem: silviarita / shutterstock

Grupo de alimentos que, embora considerados saudáveis, contêm açúcar e podem engordar.

Que o açúcar está presente em doces como chocolate, goiabada ou cocada não é segredo para ninguém. Mas existem também itens considerados saudáveis, que fazem parte de uma alimentação mais leve, que são compostos por açúcar e passam despercebidos. Quando ingeridos em grande quantidade, podem se transformar em “vilões” para o emagrecimento e a saúde.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda o consumo de 50g diários de açúcar por pessoa, por isso, é necessário se atentar aos tipos de açúcar que podem estar inseridos na composição de diversos alimentos. A nutricionista e especialista em obesidade Gladia Bernardi, explica que todo açúcar vicia e, para aqueles que desejam se livrar do hábito, é necessário diminuir drasticamente o consumo.

“Existem diversos tipos de açúcar (natural ou artificial) presentes na alimentação do dia a dia das pessoas. Mesmo sendo o correto a se fazer, cortá-lo 100% nem sempre dá certo. Por isso, indico fazer escolhas inteligentes, ou seja, investir nos alimentos que não têm açúcar na composição- como carne, peixes, aves e ovos que, além de serem proteínas são ótimas opções, pois saciam a fome”.

Variações do açúcar e em quais alimentos são encontrados:

Frutose

A maioria das pessoas tem uma ideia errada em relação às frutas. Por mais que sejam saudáveis e ricas em fibras e vitaminas, apresentam um alto nível de açúcar natural – a frutose. Diminuir o consumo de frutas na rotina e, quando a pessoa sentir vontade de comer uma fruta, optar pelas com menos frutose – como abacaxi, kiwi ou abacate.

“Quando transformados em suco, os índices de frutose aumentam ainda mais. Comer uma laranja é bem diferente, por exemplo, de tomar um copo de suco da fruta. Quando você come, está consumindo as fibras e os nutrientes, mas, ao tomar um suco, você está consumindo apenas a frutose, que apesar de ser um açúcar natural, em excesso pode engordar e prejudicar a saúde”.

Lactose

Por mais que seja um termo bastante conhecido, poucos sabem que a lactose nada mais é do que o açúcar encontrado no leite. Mesmo sendo rico em cálcio e vitaminas importantes para o crescimento na infância, o consumo em excesso, principalmente em adultos, pode ser responsável por doenças como o aumento no colesterol.

“É muito fácil se viciar em alimentos ricos em açúcar. Podemos usar o leite como exemplo: quando o leite materno chega ao estômago do bebê, automaticamente libera açúcar no sangue, enviando um sinal positivo para o cérebro que libera uma substância ligada ao prazer e bem-estar e, quando reforçado várias vezes, inicia-se um processo de dependência”.

Açúcar nos vegetais

A maioria dos açúcares em vegetais são encontrados na cenoura, beterraba e tomate. Mesmo sendo alimentos com poucas calorias, que parecem inofensivos à saúde, é preciso ter cautela ao ingeri-los.

“Além de não serem opções indicadas para quem quer perder peso, diabéticos também devem se atentar. Alguns vegetais têm alto teor de açúcar que, quando convertido em glicose, aumenta os níveis de açúcar no corpo rapidamente”.

Açúcar nas leguminosas e oleaginosas

As leguminosas e oleaginosas – como feijão, lentilha, ervilha, castanha, nozes, avelã e amendoim – também apresentam uma porcentagem de açúcar em sua composição, por isso é necessário se atentar.

“Esses alimentos podem ser ingeridos por pessoas que desejam perder peso, desde que sejam com moderação, para não trazer malefícios à saúde”.


Gladia Bernardi é Autora do recém-lançado livro “Código Secreto do Emagrecimento (Ed. Gente), é nutricionista e desenvolvedora do método de coaching de Emagrecimento Consciente, baseado na neurociência, na programação neurolinguística e em coaching. Por meio de técnicas e ferramentas pioneiras, que dispensam dietas restritivas, prescrição de medicamentos ou mesmo intervenções cirúrgicas para emagrecimento, visa transformar profissionais da área da saúde, coaches e consultores independentes em especialistas em emagrecimento junto a pacientes.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here