Chá a segunda bebida mais consumida no mundo

0
1691
Imagem: congerdesign / Shutterstock

Tomar um chá é uma tradição que se mantém ao longo do tempo e que combina muito bem com as baixas temperaturas do inverno. Mas, mais que uma tradição, o chá é um verdadeiro patrimônio cultural dos países orientais, e também do Reino Unido com seu famoso chá das cinco. A bebida é segunda mais consumida no mundo, só perdendo para a água.

Origem

A origem do chá, ainda hoje não é muito precisa.  Porém, a China é considerada, por muitos estudiosos, país de origem da bebida.

Diz a lenda que o Imperador chinês Shen Nong, foi o responsável por descobrir a bebida. Em 2737 a.C., ele estava descansando embaixo de uma árvore enquanto seus servos ferviam a água. Quando foi tomá-la, folhas da árvore Camellia Sinensis caíram dentro da bebida e o imperador resolveu experimentar. Ele então, ficou encantado com o sabor da mistura e resolveu difundir a bebida em seu país.

Muitos séculos depois, entre os anos de 618 e 906 d.C., o chá foi nomeado a bebida nacional da China. Inclusive, em 780 d.C, o poeta e monge budista chinês Lu Yu escreveu um manual sobre a bebida. Na obra, ele indica formas de cultivo das plantas e descreve as cerimônias e tradições relacionadas ao chá.

Da China para o Reino Unido, passando por Portugal

Tempos depois, os benefícios e os sabores do chá começaram a ficar populares além da China e acabou chegando ao Ocidente através da Rússia e da Ásia Central. No entanto, apenas no século XVI, quando os portugueses chegaram no Extremo Oriente, que o chá foi levado para a Europa e começou a ser comercializado.

Aqui, é curioso destacar, que o Reino Unido, famoso pela tradição do “Chá da Tarde”, só conheceu o chá por volta de 1662, com a princesa portuguesa Catarina de Bragança. Casada com o Rei Carlos II da Inglaterra, ela fazia “Tea Parties” (Festas do Chá), onde as mulheres começaram a tomar a bebida.

Porém, foi só no século XIX que nasceu o costume do “Five O’Clock Tea” (Chá da Tarde), impulsionada pela sétima Duquesa de Bedford de Londres. Antes dela, o chá era consumido, por homens e mulheres, em qualquer momento do dia.

A cultura do chá

Após ganhar o mundo, a bebida faz parte da cultura e tradição de diversos países além da da China e do Reino Unido. A Índia é o segundo país que mais produz chá no mundo, sendo o “chaai” uma bebida muito consumida pelos indianos, do café da manhã até o jantar. Lá, no entanto, a bebida é acrescida de leite e açúcar.

No Japão, é a famoso o ritual do chá, tradição que existe desde o século XII, mas que ganhou os contornos atuais só no século XVI. Nessa cerimônia, os japoneses tomam o chá verde (matcha).

Em outros países o chá também é muito popular. Como exemplo podemos citar a Argentina e no Sul do Brasil onde o mate faz parte do dia a dia e também os Estados Unidos, onde são muito populares os chás gelados (sun tea).

Sabor e saúde

É possível encontrar diversos sabores de chá nos mercados. E vários deles, além de saborosos, podem trazer efeitos positivos para a saúde, como por exemplo:

– Diurético: hibisco, rosa mosqueta, cavalinha, chá verde

–  Laxante: carqueja;

–  Calmante: melissa, camomila, folhas de maracujá, erva cidreira, alfazema

–  Digestivo: erva-doce, gengibre, boldo;

–  Antigripal: equinácea, hortelã, anis verde.

Mas atenção: use sempre as ervas com sabedoria, especialmente se sofrer de alguma doença. Na dúvida, converse com seu médico, pois só ele poderá te dizer se você deve ou não tomar determinado chá e em qual quantidade.

Dicas para saborear melhor o seu chá preferido

– Prefira tomar seu chá sem adoçante, pois ele altera o sabor da bebida;

– Leite ou gotinhas de limão ficam uma delícia no chá preto;

– Evite os chás de saquinho, prefira sempre comprar as ervas a granel. O cloro presente no papel do sachê pode alterar o gosto da bebida;

– O chá preto guardado em latas fechadas e bem longe de umidade pode durar até 3 anos, já o chá verde nas mesmas condições, 2 anos;

– Para acompanhar seu chá, nada melhor que biscoitinhos amanteigados e bolos.


Bianca Folla: Personal Chef, Formada em Direito pela PUC/SP e Gastronomia no SENAC/SP, Site: www.achefemcasa.com.br, Facebook: www.facebook.com/achefemcasa/

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here