Cuidados com os dentes para quem pratica esportes

0
139
Imagem: Divulgação / Assessoria

Na hora de se exercitar, a atenção com a saúde dos dentes deve ser redobrada.

Para atletas de longa data ou praticantes ocasionais, pouco se fala sobre a importância do cuidado com os dentes quando se pratica a corrida. Correr é um esporte legitimamente aeróbico, que demanda esforço de múltiplos órgãos e principalmente do sistema respiratório induzindo-o a trabalhar em todo seu potencial. Tido isso, não havendo precauções com o impacto causado na saúde bucal, podem acontecer desde doenças periodontais até fraturas ósseas.

Correr traz benefícios diversos para o corpo e mente de quem pratica, por isso é necessário saber notar os reflexos físicos que podem aparecer. No âmbito bucal e especificamente a saúde óssea dos dentes, o atleta corredor deve fazer uso do protetor bucal, para manter a arcada dentária segura e absorver o impacto. “Muitas vezes próteses e restaurações podem trincar ou até mesmo soltarem das bases, por isso é necessário o uso do protetor”, afirma Dr. Paulo Coelho, mestre em implantologia e odontologia estética.

Existe também a influência por fatores ligado ao esporte, como por exemplo a ingestão de produtos que acumulam açúcar nos dentes ou os enfraquecem de alguma forma, como é o caso de barrinhas de cereais e isotônicos, respectivamente. O uso desses produtos durante as corridas e em movimento, aliados a respiração mecânica bucal podem ocasionar uma erosão ácida do esmalte. O ideal é ingerir os produtos antes ou depois de correr e fazer escovação logo após o consumo, uma vez que higienizando os dentes não haverá mais resíduos para prejudicar a saúde bucal.

Com o hábito diário da corrida é possível fazer mudanças mais saudáveis na forma como se pratica o esporte. A respiração estritamente bucal por exemplo, faz com que a saliva produzida pela boca se torne mucosa, o que prolifera a placa bacteriana. A forma mais indicada para respirar é a inspiração nasal e a expiração pela boca, mantendo um ritmo adequado.

Outro erro comum é o tensionamento da arcada dentária quando se prende a parte superior e inferior durante a corrida. Como a tensão é causada durante o esporte: “Mesmo sendo um reflexo natural do corpo, a tensão dentária é extremamente prejudicial a arcada, pois provoca enfraquecimento ósseo e desnivelamento da mandíbula. É indicado é que se observe a desconexão das arcadas antes de começar a correr, pois corrigindo a falha não há nada que restrinja o esporte”. Praticar a corrida a fim de melhorar a saúde é essencial, e o principal que se tenha atenção também para a saúde dos dentes, juntamente com uma alimentação correta e voltada para a reforçar a saúde bucal.


Dr. Paulo Coelho é mestre em implantologia e odontologia estética. 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here