Os exames que você deve fazer antes do casamento

0
598
Imagem: Dance2016 / Shutterstock

Casamento marcado? Saiba os exames que você deve fazer para garantir a saúde do casal. Alguns testes importantes que não devem ser ignorados pelos noivos antes do grande dia.

O período que antecede o casamento é mágico. Casais apaixonados só pensam na festa, na casa nova, na lua de mel… Mas muitos esquecem de um detalhe importante para os noivos: a saúde do parceiro.

Não são poucos os casais que, depois do casamento, deixam de lado o uso do preservativo. Por isso, o ginecologista Dr. Waldemar Carvalho, alerta para a importância de fazer, antes mesmo da cerimônia, a pesquisa das ISTs, as infecções sexualmente transmissíveis. Ou seja, a sorologia para HIV, HTLV, sífilis, hepatites B e C, herpes e a investigação do papiloma vírus humano, o HPV, que normalmente é colhido através de um raspado na região genital.

Muitos recém-casados também logo já começam a pensar em ter filhos. A recomendação é, então, que o homem faça um espermograma e a mulher os exames de investigação da reserva ovariana (FSH colhido no 3º dia do ciclo menstrual, AMH – hormônio anti-mülleriano, e ultrassom endovaginal para avaliação do volume ovariano e número de folículos pré-antrais). Além disso, ela deve ser submetida a uma histerossalpingografia, que irá avaliar a permeabilidade das trompas.

Exames periódicos

Mas não é só antes do casamento que os pombinhos devem se preocupar com a saúde. A necessidade de se lembrar dos tradicionais exames periódicos. No caso das mulheres, as ultrassonografias das mamas e, após os 40 anos, a mamografia. “As exceções ficam para quem tem histórico familiar e/ou sintomas, que devem procurar um médico antes”. Também como exames de rotina estão a coleta da citologia oncótica (Papanicolau) e Ultrassom pélvico e endovaginal, principalmente para o rastreamento de doenças do útero e endométrio.

Filhos

Ao decidir que é hora de ter filhos, o ginecologista aconselha que se repitam os exames feitos antes do casamento, para checar novamente a ausência de infecções sexualmente transmissíveis. Na sequência, a mulher deve passar por uma avaliação clínica para afastar as principais e mais comuns doenças do primeiro trimestre da gestação, como diabete e hipertensão arterial. Assim, deve fazer um hemograma, glicemia de jejum, colesterol e suas frações, e controle da pressão arterial.

Vacinas

Além dos exames, é importante que o casal se preocupe com as vacinas que deve tomar. “A mulher deve checar o calendário vacinal pois temos frequentes surtos de coqueluche. Quem mora no campo deve ter uma atenção especial para o tétano. E vale lembrar também da vacina da gripe. Mesmo que já esteja grávida, várias vacinas podem ser administradas durante a gestação”. Os recém-nascidos são protegidos através da estratégia “casulo”, que consiste na vacinação de todos que terão um contato frequente com o bebê a fim de evitar a transmissão de qualquer doença a ele.


Dr. Waldemar Carvalho é ginecologista do Grupo Hermes Pardini e professor da Faculdade de Medicina do ABC, além de especialista em reprodução humana. O Grupo Hermes Pardini é o terceiro maior em Medicina Diagnóstica e Preventiva do país. Tem investido fortemente na ampliação e especialização da sua capacidade técnica, produtiva e científica, com o propósito de ampliar a sua atuação no mercado nacional. Dentre as ações, estão aquisições e associações a empresas com expertise em segmentos específicos da medicina diagnóstica.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here